Quando é a hora de lançar um novo produto no setor Plástico?

Quando é a hora de lançar um novo produto no setor Plástico?

Uma empresa de injeção ou extrusão de plásticos possui vantagens que outras empresas não tem, que é a capacidade de lançar novos produtos sem depender da produção de terceiros. Mas mesmo assim houve-se falar muito em “crise”! A crise afeta as vendas da empresa, a disponibilidade de caixa, a motivação do empresário e sua equipe, bem como provoca a queda na produtividade.

A principal ferramenta de combate para tempos difíceis é a inovação e mais especificamente o desenvolvimento de novos produtos. O momento certo de se pensar em desenvolvimento de novos produtos é… sempre! A questão esta em ter produtos prontos para lançar sempre que o mercado sinalizar uma futura queda nos negócios.

Oportunidade de trazer caixa para a empresa em empresas de transformação de Plásticos

Está na hora buscar novos horizontes e o desenvolvimento de novos produtos é a forma mais importante de trazer mais opções de geração de caixa para as empresas de processamento de plásticos. Mas este é um trabalho continuo e depende em grande parte do empresário, que precisa entender com profundidade o mercado e o que o seu cliente precisa.

O segredo aqui está em definir uma forma de atuação nas necessidades (verbalizadas ou não) do cliente, ou seja, um método de atender as demandas do cliente continuamente. Muitas empresas optam pela terceirização da hora máquina, e inclusive nestes casos, há espaço para inovação, seja pela divisão de uma parte da produção para um produto próprio quanto na ampliação da capacidade fabril para atender uma variedade maior de setores.

Entendendo os resultados esperados

A partir do momento em que o empresário passa a conhecer e definir como as necessidades latentes do cliente serão atendidas e transforma isto um processo continuo de criação de produtos, um ciclo virtuoso se inicia. Esta prática devidamente monitorada passa a gerar indicadores que apontam quais dores e soluções propostas pela organização estão gerando maiores resultados.

Este tipo de rotina estabelece dentro da empresa um fluxo continuo saudável, passível de monitoramento e controle e assim podem-se definir indicadores que apontarão o quanto o foco em resolver criativamente os problemas do cliente gera resultados.

Outra questão a se tomar cuidado é o foco, ou seja, se a empresa se dedica a fabricação  de perfis, uma incursão no mercado de eletrônicos será um risco alto devido ao tempo necessário para conhecer um novo mercado.

Sair da Crise

Quando tratamos de desenvolvimento de produtos plásticos como mecanismo de salvaguarda contra a crise, deve-se tomar muito cuidado para não iniciar grandes empreitadas desordenadas que poderão inclusive aprofundar as dificuldades de dinheiro que a empresa pode estar passando. É fundamental que seja estabelecido um limite de recursos que serão investidos bem como um passo a passo das ações que serão tomadas até que o produto esteja pronto para o mercado.

 

O desenvolvimento de produtos é uma ferramenta fundamental para driblar a crise em empresas de transformação de plásticos, porém sem uma metodologia bem definida e estabelecida com indicadores que demonstrem o crescimento, pode provocar o efeito inverso. 

Dê o primeiro passo

Preencha os dados abaixo para fazer seu cadastro:




Não fazemos spam. 
  Seus dados estão seguros.