Quer inovar? Aprenda os primeiros passos.

Quer inovar? Aprenda os primeiros passos.

Aprenda os primeiros passos para você entender como começar a sua ideia. A inovação está na moda e todos querer ser inovadores! Mas o que é inovação? Primeiro, você deve saber que inovação não é invenção ou aquela ideia que você teve no banho, neste post vamos abordar os primeiros passos para tirar sua inovação do papel.

Inovação é quando a sua ideia atende às necessidades e expectativas do mercado ou do cliente. Ela precisa ser viável economicamente e oferecer retorno financeiro com sustentabilidade. Ok? Ou seja: você precisa ganhar dinheiro e lucro com o seu produto ou serviço. Assim, temos que criar algo que faça com que as pessoas desejem e comprem.

Toda inovação precisa gerar resultados práticos, como a abertura de novos mercados ou diferenciação no próprio segmento com ganho competitivo. Além, é claro, de retorno financeiro com o aumento de faturamento ou da margem de lucro.

Já vamos adiantar uma coisa: quando você falar sua ideia para os amigos, todos vão curtir e elogiar. Mas quando o produto chegar ao mercado, muitos vão criticar ou fingir que não sabem de nada. Ser inovador também e ser empreendedor e você precisa estar preparado para todas as adversidades.

Para a gente, inovar é conseguir transformar uma ideia em lucro. Não é nem um pouco fácil!

Para inovar você precisa de uma rotina bem definida com um modelo de gestão para auxiliar seu dia a dia. Inovar é muito mais do que somente ter uma ideia enquanto canta no chuveiro (o que ajuda a começar a inovar, sem dúvida, afinal você vai mesmo precisar de uma ideia).

Para que as empresas realizem inovações é necessário que elas, em primeiro lugar, tomem consciência da importância de inovar no cenário competitivo vigente. Nao há como se tornar uma empresa inovadora sem dar a devida importância ao tema. Montamos um quadro básico do fluxo que você pode seguir para inovar e alcançar sucesso. Vamos lá?

O início de tudo: a Ideia

Ter uma ideia de produto é a principal etapa e onde tudo começa. A ideia pode surgir de uma necessidade, uma adaptação de algo que já existe, uma invenção, uma ideia no chuveiro (ainda não é inovação, mas quem pode adivinhar onde terá um bom insight?) ou até aquele papo na mesa de bar ou jantar com amigos. Uma ideia é somente uma ideia se não sair do papel. Por isso, mais do que ficar empolgado, comece a tirar cada item do papel e trabalhar como um projeto real e viável.

Entendimento da Ideia

Nessa etapa, logo depois de passar a animação inicial, vamos compreender o problema que a sua criação resolve. Porque a ideia surge, em grande parte dos casos, a partir de uma necessidade. Mas será que é algo viável ou faz sentido como produto ou serviço? Entender a ideia é essencial para avaliar os passos seguintes.

Análise de mercado

A pesquisa certa prova se sua ideia é o que o mercado busca. Mas lembre que ao ouvir seus possíveis clientes, avaliar concorrentes e descobrir se o mercado recebe bem a inovação, você pode ter avaliações negativas e até suspender o projeto. Ou, como o mercado de novas empresas avalia, pivotar. Aqui podemos descobrir que seu projeto, na verdade, pode ser outro ou ainda que uma mudança pode ser mais bem recebida do que a ideia inicial. Analisar o mercado inclui pesquisar o segmento escolhido e iniciar o levantamento de dados estratégicos

Viabilidade econômica

O seu retorno financeiro é do resultado do sucesso e avanço da pesquisa de mercado. Por isso a viabilidade econômica deve ser um dos principais pilares do seu projeto. De forma simplificada, é o estudo que indica se vale a pena (ou não) investir no seu negócio. Mas como fazer a viabilidade econômico-financeira? Já temos um post explicando mais sobre o assunto e você pode ler aqui. O processo envolve de forma simples a comparação do retorno financeiro diante do que será investido. O risco financeiro é o que mais assusta quem está começando na inovação. O desconhecimento da viabilidade econômica e financeira de um projeto é um vilão que você cria sem saber. Por melhor que seja sua ideia e por mais motivado que vocês esteja, um erro aqui e tudo estará indo para o fim.

Decisão para investir

Para construir um novo produto ou implantar um processo inovador você precisa de estratégia financeira. Pode soar desafiador (e até assustar), mas para investir é necessário planejar e modelar muito seus cenários financeiros e mercadológicos. Porque inovar tem mais a ver com uma rotina de atividades e planejamento do que com uma descoberta inédita. Ao conhecer a lucratividade e desafios é que você decidirá sobre o investimento. Evitar riscos financeiros em inovação é uma ação complexa e que demanda muito estudo e dedicação. Siglas de indicadores como Valor Presente Líquido (VPL), Payback, Taxa Interna de Retorno (TIR) devem fazer parte do seu conhecimento diário. Por meio deles é que ocorrerá a base analítica da tomada de decisão, mas convém destacar que qualquer novo negócio precisa ser avaliado de acordo com seu potencial de retorno, mas também pelo planejamento e potencial de mercado.

Produto viabilizado

Agora sim! Chegou a hora da engenharia, design e prototipagem tirarem a ideia da prancheta e colocar seu projeto na rua. Esta é a sua vez de colocar a mão na massa e sair com seu produto ou serviço pronto para o mercado. É aqui que você vai impressionar seus clientes, conquistar fãs e iniciar efetivamente a executar. Aqui todo o planejamento financeiro e gestão será testado e validado, além do produto final. Os desafios só aumentam, mas chegar nessa fase já coloca sua ideia como uma empresa ou produto real.

Se inovar também significa fazer algo que ainda não foi feito, portanto, sempre haverá incerteza. Isso significa que correr o risco faz parte do processo. Mas a gestão da inovação pode minimizar problemas e orientar para que sua ideia seja um sucesso.

Quando bem organizada uma inovação consegue mudar e redefinir todo o rumo da empresa, desde que haja um projeto determinado e não se transforme em mais uma aventura de um louco, como você!

 

O desenvolvimento de novos produtos precisa fazer parte da sua rotina e um método de inovação será a base fundamental para manter a micro e pequena empresa disputando de igual para igual com as grandes.

 

Nós, do PMExTECH, somos uma plataforma de desenvolvimento de produtos que guia inventores, micro e pequenas empresas (PMEs) para transformar ideias em produtos com sucesso de vendas. A metodologia é baseada nas estratégias usadas pelas grandes empresas e otimizada para as PMEs.

Gostou do nosso texto? Continue lendo nossos materiais, assistindo aos vídeos e assine nossa newsletter para ter ainda mais conteúdo sobre inovação para sair do papel e conquistar o mundo.

Dê o primeiro passo

Preencha os dados abaixo para fazer seu cadastro:




Não fazemos spam. 
  Seus dados estão seguros.